Quantos e Quantas

rafael-holandaQuantos caminhos teremos que percorrer, para que na realidade tenhamos cumprido a nossa missão e encontrado a verdade de nossa permanência por este mundo de Deus.

Quantas bondades serão necessárias, para que tenhamos um sono de paz, ou possamos ter a certeza absoluta que todo aquele esforço foi capaz de ter dito como um dia produtivo.

Quantos perdões nós devemos repetir diante de tantas ofensas, para que possamos entender que entre todas as virtudes a maravilha de perdoar se coloca no cume da beleza universal.

Quantas vezes teremos que percorrer por caminhos nunca caminhados, para que possamos ir buscar aquele que se perde na incerteza do tempo e chora a dor de um carinho.

Quantas lágrimas teremos que enxugar, para que muitos possam compreender que as dores de todos são também nossas, que as cruzes que passam a nossa frente podemos amanhã nos servir de companhia.

Quantos amigos nós teremos que ter, para que possamos dizer ao mundo que somos abençoados, quando na realidade não é a quantidade e sim a qualidade que espelha toda nossa felicidade.

Quantos rios teremos que ultrapassar durante a nossa vida, para puder entender que do outro lado da margem haveremos encontrar o repouso necessário para uma oração.

Quantas tristezas devemos transformar em alegrias, para que o nosso coração mereça ser o templo da virtude, e os nossos passos finquem ao solo, como histórias para serem contadas.

Quantos amores teremos que distribuir, para que num gesto de verdadeira amizade transformar a miséria em beleza, e evitar escavações de sepulturas desnecessárias.

Quantas vidas teremos que cumprir, para ter a certeza absoluta de ter alcançado o mínimo necessário para que toda cruz pesada não seja necessária carregar.

Quantos sonhos, quantos projetos, quantos problemas, quantas mentiras ou verdades, temos que guardar na nossa gaveta de um grande processo para que possa ser absolvido ou condenado pelo juízo final.

Quantas orações teremos que repetir de forma fiel, para que com a nossa crença possa ter a verdade dentro de nós,e que possamos fugir da mentira que nos acolhe de forma permanente.

Rafael Holanda