Espelho da vida

Não menospreze aquele que vive na vida por estradas curtas e sofridas, procurando um pouco de paz decorrente de sua esperança perdida.

Não reclame pelas trovoadas que são produzidas na tua caminhada, pois muitos vivem em sacrifícios inoportunos que segregam e machucam a sua alma.

Lembre-se que a nossa vida depende exclusivamente de Deus, mas o empresário do nosso êxito, em qualquer momento, é de responsabilidade de nós mesmos.

Cada dia temos afazeres maiores, tarefas que buscamos realizar com galhardia, um filho para proteger, alguém para consolar e uma família para sustentar.

Cada um de nós seja onde estejamos, estaremos sempre a construir a vida que desejamos, pois a existência na realidade é a soma do que fizemos até agora.

Nos erros que cometemos já não fazem parte da folha para lamentação, o importante é raciocinar sobre o assunto, sobre a falha cometida e a natureza converterá o erro e lição.

A vida por fora de nós na realidade é o espelho de tudo que temos dentro de nós, os caminhos se perdem quando desejamos nos tornar um ébrio das maldades do mundo.

Todos devem compreender que somos bênçãos das coisas que temos pela fé, se alguém nos surge como enigma em nossa vida, com certeza seremos também enigma em seu pensamento.

A palavra é um longo fio de comunicação que tanto levanta como destrói esperanças, por isso devemos ter a certeza e raciocinar, pois a pedra atirada sempre volta ao lugar de origem.

Semeie sua terra, busque a maneira mais sincera de desenvolver os frutos, pois a na época da colheita entrará em sua vida aquilo que você semeou.

Por Rafael Holanda