Funcionários do Banco do Brasil e Correios paralisam atividades nesta terça-feira (29)

banco correio jpeOs trabalhadores do Banco do Brasil e dos Correios farão protestos nesta terça-feira (29) em toda a Paraíba. O objetivo é chamar a atenção da população para o prejuízo que as pessoas terão com o fechamento de agências das duas empresas. No estado, cinco agências do BB serão fechadas, enquanto 11 serão transformadas em postos de atendimento. O número de fechamento dos Correios não foi anunciado, mas o sindicato fala em mais de duas mil pelo país.

Os funcionários destas agências que terão os serviços encerrados ou transformados em postos farão uma paralisação durante todo o dia. Serão 130 do BB de braços cruzados em João Pessoa, Campina Grande, Aroeiras, Barra de Santa Rosa, Caiçara, Ingá, Jacaraú, Lagoa de Dentro, Salgado de São Félix, Tacima e Umbuzeiro.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Marcus Henriques, será feito um ato público denunciando à sociedade os atos anunciados pelos banqueiros. Ele salientou que esta é uma tentativa de segmentação do serviço, priorizando as pessoas com maior poder aquisitivo e excluindo as menos favorecidas.

“Vamos lutar pela manutenção das agências porque esta atitude irá sobrecarregar outras agências que vão assumir a responsabilidade, sobrecarregar os demais trabalhadores e aumentar o tempo do cliente na espera”, falou Marcus. O sindicato cobra ainda a reabertura de seis agências que tiveram caixas eletrônicos explodidos e não foram reabertas em toda a Paraíba.

O presidente do Sindicato dos Bancários em Campina Grande, Rostand Lucena, informou que reuniões estão sendo feitas por agência e a terça-feira será aproveitada para esclarecer a população quanto aos prejuízos de atendimento. “Além dos funcionários concursados do Banco, ainda tem pessoal da segurança, do apoio, da limpeza que ficarão sem trabalho. Serão demitidos”, lembrou.

O secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos na Paraíba, Empreiteiras e Similares (Sintect-PB), Roosevelt Tavares, disse que todas as agências dos Correios terão os serviços paralisados. Os servidos farão protestos em frente às agências pelo estado.

Redação