Seis veículos são roubados em menos de 24h na Paraíba

plantão policialA Polícia Militar registrou o roubo de seis veículos em cinco cidades do interior da Paraíba, entre a noite dessa sexta (11) e a madrugada deste sábado (12). Outros dois foram achados abandonados e a maioria dos crimes ocorreu somente no bairro de Bodocongó, em Campina Grande. 

Conforme o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), o primeiro caso ocorreu na manhã dessa sexta (11), na Avenida Portugal, no bairro de Bodocongó, em Campina Grande. 

A vítima informou que teve um Fox branco tomado por assalto em uma oficina. Segundo o relato, foram dois homens que chegaram a pé, um deles de camisa branca e outro de camisa azul, e um deles estava armado. Além do veículo, os bandidos roubaram dois celulares da vítima.

No Serrotão, em Campina, um Corsa foi abandonado no sítio Estreito. Ao consultar a
placa, a polícia descobriu que o veículo havia sido roubado na quinta-feira (10).

Na cidade de Cabaceiras, na mesma manhã, uma pessoa teve uma moto Fan 125 vermelha roubada por dois criminosos armados. Em Gurinhém, outra vítima disse à PM que teve uma moto Honda Fan de cor preta roubada por pelo menos três ladrões. 

À noite, em Casserengue, dois bandidos roubaram uma motocicleta Honda CG 125, cor prata, durante assalto na Zona Rural. Segundo a polícia, eles abandonaram no local outra motocicleta, uma Honda CG 150 vermelha, que se encontra com o chassi adulterado. O veículo abandonado pelos criminosos foi levado para a delegacia de Casserengue.

Em Juarez Tavora Relato, também à noite, três homens em um Corsa preto roubaram a moto Honda Bross vermelha de uma pessoa.

Na madrugada deste sábado (12), em Campina Grande, dois bandidos em uma moto de cor branca assaltaram uma vítima na frente da casa dela, em Bodocongó, e roubaram um carro Ford Ka branco.

No mesmo bairro de Campina, também na madrugada, uma Honda Biz foi tomada em assalto próximo à Universidade federal de Campina Grande (UFCG). Segundo a polícia, três homens armados em duas motos cometeram o crime.

Até o fechamento desta matéria, nenhum suspeito dos crimes nessas cidades haviam sido presos.

Redação