Três são presos suspeitos de pescar tubarão e tentar vender carne na Grande JP

tubarão jpeTrês homens foram presos suspeitos de pesca e tentativa de venda de carne de um tubarão-martelo no município de Lucena, na Grande João Pessoa, descumprindo legislações vigentes. O fato ocorreu na tarde do último sábado (26), mas a Polícia Ambiental só informou detalhes da ocorrência na noite desta segunda-feira (28).

Segundo o tenente Godoy, do Batalhão Ambiental, a polícia tomou conhecimento do fato a partir da divulgação de fotos na internet do animal pescado. “O Núcleo de Inteligência da polícia fez um levantamento e descobriu onde a carne do animal seria comercializada. Fomos a Lucena e encontramos 50 kg já prontos para a venda”, contou o tenente.

De acordo com o policial, foram presos o pescador do tubarão, o comprador, que venderia a carne, e o homem que fez o transporte até a venda. “O pescador alegou que o tubarão já estava morto e apenas o retirou do mar, mas a polícia não está seguindo essa hipótese. Eles foram conduzidos à delegacia de Santa Rita, que fica responsável por registrar as ocorrências daquela área, e foram liberados após assinarem um Termo Circunstanciado de Ocorrência”, contou Godoy.

Foi estabelecida uma multa de R$ 5 mil ao trio por crime ambiental envolvendo um animal ameaçado de extinção. O valor deverá ser pago à Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema).

A carne apreendida na operação, conforme explicou Godoy, não tem condições de ser consumida e deve ser destruída nesta terça-feira (29).

Redação