Com 73,07% dos votos, Vitor Hugo é eleito prefeito de Cabedelo.

vitor-hugoChegou ao fim a apuração das eleições suplementares de Cabedelo, que aconteceram neste domingo (17). Com 73,07% dos votos, o prefeito interino, Vitor Hugo (PRB) foi eleito de acordo com o resultado divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Eneide Regis (PSD), a segunda colocada, está com 19,59%.

Vitor Hugo recebeu 23.169 votos dos 46.448 mil eleitores cabedelenses. Durante a votação, o agora prefeito eleito, falou da campanha que foi tranquila e baseada em “propostas e ações de melhoria” para a cidade, dando continuidade ao trabalho que já vem sendo feito por ele nos últimos dez meses como prefeito interino.

Em terceiro lugar, Marcos Patrício (PSOL) recebeu 1.461 (4,61%) votos e José Eudes Eudes (PTB), 878 (2,77%). Votos Brancos 976 (2,82%) e nulos 1.914 (5,53%). Não compareceram 11.851 (25,51%).

À frente da coligação A Força do Trabalho (PRB, MDB, DEM e PSB), que tem com vice Aguinaldo Silva (PSB), Vítor pautou toda a sua campanha em defender as ações e projetos para a continuidade do trabalho e do desenvolvimento da cidade portuária.

“Antes de tudo, quero agradecer a Deus pela oportunidade de continuar prefeito, desta vez eleito pelo povo. Agradecer, de coração, a todos que saíram de suas casas neste domingo para votarem no 10, confiando em nós e na vontade que demonstramos em mudar Cabedelo através do trabalho. Vamos continuar nossa gestão, com responsabilidade, compromisso e a vontade de ver Cabedelo desenvolvida e com oportunidade para todos”, disse Vítor.

O prefeito eleito ainda destacou quais serão suas primeiras ações na continuidade de sua gestão a partir de agora.

“Vamos dar seguimento às ações de infraestrutura pela cidade, com o Pavimenta Cabedelo 2, calçando mais de 80 ruas. Vamos iniciar a reforma do nosso Parque do Jacare, que estava parada e nós conseguimos dar seguimento. Temos muito o que fazer: continuar com as reformas e investimentos em saúde e educação e na busca incessantes de geração de emprego e renda para a cidade. Vamos seguir em frente com o desenvolvimento que Cabedelo vem respirando esse últimos meses”, pontuou.

Perfil

Vítor Hugo Peixoto Castelliano nasceu no Rio de Janeiro no dia 29 de dezembro de 1973. Empresário, casado e com nível superior completo, ele foi eleito em 2016 para vereador de Cabedelo depois de ter ficado na suplência em 2008 e 2012.

Como vereador, foi eleito presidente da Câmara Municipal após o esquema de corrupção desbaratado pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB), na Operação Xeque-Mate, que prendeu o então prefeito Leto Viana e cinco vereadores. Outros cinco parlamentares foram afastados do Poder Legislativo Municipal durante a operação.

Após ser eleito presidente, Vítor foi conduzido interinamente à prefeitura onde está desde abril de 2018. No fim do ano, uma manobra política o colocou novamente como presidente da Câmara o levando a ser reconduzido ao cargo de prefeito interino.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), 138 urnas eletrônicas foram distribuídas em 32 locais de votação. Ao todo, o município possui 138 seções eleitorais. O TRE convocou 552 mesários e 32 técnicos para atuarem no apoio logístico no dia da votação. A geração de mídias e a preparação das urnas teve início na quarta-feira (12), no Núcleo de Voto Informatizado, no bairro do José Américo, em João Pessoa.

Redação