Linha de crédito do governo já manteve salário de 1,8 milhão de trabalhadores

Quase 108 mil empresas já conseguiram financiamento junto ao Governo Federal para o pagamento de salários. Lançado em abril, o Programa Emergencial de Suporte a Empregos (PESE) já beneficiou 1.821.383 empregados a um custo de R$ 3 bilhões em linha de crédito liberada. Os dados são do Banco Central.

O financiamento do programa é voltado exclusivamente para que as empresas afetadas pela pandemia do novo coronavírus possam cumprir a folha de pagamento. A linha de crédito pode financiar até duas vezes o salário mínimo por funcionário. Inicialmente, o programa duraria dois meses, mas o Ministério da Economia decidiu prorrogar a duração até outubro.

Como contrapartida ao empréstimo, as empresas não podem demitir o funcionário em um prazo de até 60 dias após o recebimento da última parcela do crédito. A companhia têm seis meses para começar a pagar a dívida com o banco e mais 36 meses para quitar o empréstimo. A taxa de juros é de 3,75% ao ano.

Redação