Após prometer ‘dar o troco’ ao PMDB, Efraim Filho garante análise criteriosa de denúncia contra Temer

efraimO líder do DEM na Câmara Federal, Efraim Filho, deu sinais de que sua bancada pode rever o posicionamento em relação à segunda denúncia encaminhada pela Procuradoria Geral da República ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Michel Temer (PMDB). Recentemente, o paraibano prometeu “dar o troco” ao PMDB, após o partido de Temer anunciar as filiações do senador Fernando Bezerra Coelho (PE) e do filho dele, o ministro Fernando Bezerra Coelho Filho (Minas e Energia), ex-democratas.

“A avaliação da segunda denúncia vai ser feita de forma criteriosa, a posição na primeira votação não vincula a segunda. Na primeira existiam meias verdades, trapalhadas dos irmãos Batista. É um momento delicado, a sociedade cobra transparência, respostas rápidas e soluções reais”, observou.

Temer chama aliados e advogados para discutir nova denúncia de Janot

Defesa de Temer pede que denúncia seja devolvida à PGR

Ele disse ainda que as divergências nacionais entre seu partido e o PSB não devem interferir na aliança com o partido do governador Ricardo Coutinho na Paraíba. Ele destacou as parcerias políticas e administrativas com o socialista que vem desde 2009.

“Não tem verticalização. Sei que Ricardo tem uma posição que diverge da minha, mas para a Paraíba, trabalhamos no que entendemos ser o melhor. Da verticalização, eu tenho procurado me manter afastado”, disse.

Marília Domingues