Fluminense vence Botafogo no clássico Vovô do Carioca 2020

No primeiro duelo válido pela Taça Gerson e Didi, o Fluminense levou a melhor neste sábado, no Nilton Santos. O uruguaio Michel Araújo, que entrou aos 27 do segundo tempo, definiu o clássico no minuto seguinte: 1 a 0.

O Botafogo foi levemente superior durante o jogo, teve as oportunidades mais claras e até perdeu pênalti, com Pedro Raul. Melhor para o Tricolor, que foi mais objetivo.

No próximo sábado, os rivais voltam a se enfrentar em novo amistoso. A exemplo do que aconteceu neste fim de semana, os times sub-23 fazem a preliminar.

Primeiro Tempo: Botafogo quase abre placar em linda jogadaPedro Raul perdeu pênalti contra o Fluminense

O primeiro tempo foi equilibrado, e não houve uma equipe dominante. A melhor chance, porém, foi do Botafogo. Bruno Nazário por pouco não marcou um golaço após dominar no peito, dar chapéu em Egídio e emendar de bicicleta. A bola explodiu no travessão de Muriel.

A oportunidade mais clara do Tricolor foi desperdiçada por Evanílson no fim da etapa. Fez a movimentação correta para receber bom passe de Marcos Paulo, mas finalizou mal.

Etapa final: Flu mata após Bota vacilar

Assim como aconteceu no primeiro tempo, o Botafogo voltou a ser mais perigoso, porém vacilou na frente do gol. No início, Guilherme Santos recebeu lindo passe de Honda, mas viu Calegari impedir a abertura do placar.

Aos 25, o japonês mais uma vez deixou o Botafogo em condição clara de marcar. Foi derrubado dentro da área por Hudson, e o árbitro marcou pênalti. Pedro Raul, porém, pegou muito embaixo da bola e isolou.

Três minutos depois, o Fluminense aproveitou. Michel Araújo, que acabara de entrar, pegou sobra de primeira e marcou um golaço. No fim, Barrandeguy chegou perto em cobrança de falta, mas não teve sucesso.

O Botafogo não fez, o Fluminense levou.

Redação com G1