Em Pedra Lavrada-PB, prefeito afirma que já esperava rompimento do PT com seu grupo

O prefeito de Pedra Lavrada, Seridó paraibano, Jarbas Melo (PP), se manifestou na manhã desta terça-feira (07), após a decisão do Partido dos Trabalhadores de Pedra Lavrada, (PT-PL) anunciar que terá candidatura própria nas eleições de 2020.

O prefeito afirmou que não foi surpreendido pela decisão do partido que, segundo ele, já mostrava sinais de rompimento, desde o mês de abril.

Jarbas pontuou que o partido foi seu aliado de primeira linha e que tinha prioridade na formação da sua chapa a reeleição para as eleições deste ano. Afirmou que foi comunicado pelo vice-prefeito João de Barros (PT) sobre sua decisão e que isso era um sinal claro de respeito e de uma amizade que a política lhe trouxe com o agora ex-aliado.

Crítica ao discurso

O prefeito reprovou as criticas generalizadas que o PT fez ao anunciar sua decisão nas eleições municipais. Para o Jarbas, o partido não deveria ter generalizado quando afirmou que não iam se aliar com pessoas que se enriqueceram ilicitamente ou que praticavam corrupção no município e que essa fala coloca todos em uma vala comum. O gestor pediu que PT não adote um discurso de ódio e lembre-se que estavam no governo até pouco tempo atrás.

“Espero que se faça essa reflexão porque minha vida é muito transparente e que não se caia no discurso do nosso opositor que quer nos taxar a todo custo de varias coisas sem provas nenhuma. Que a gente procure, realmente, nos mantermos na linha de sempre que não adira a um discurso de ódio a um discurso que transforme nossas vidas numa batalha”, finalizou.

Com Blog do Anderson Eliziário