Em Picuí-PB, Gestão Municipal realiza últimas ações para abertura da UPA do Limeira

Nesta terça-feira (24), o prefeito de Picuí, Seridó paraibano, Olivânio Remígio, usou as redes sociais, para levar ao conhecimento da população picuiense que o Ministério da Saúde ainda não autorizou funcionamento da estrutura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Limeira, em virtude dos muitos problemas que vão desde estrutura a pagamento por medições da obra antecipado sem a devida conclusão.

Segundo Olivânio, apesar de todos esses entraves, a Gestão vem realizando mutirão de limpeza, instalação elétrica e organização dos equipamentos adqueridos visando à abertura da Casa de Saúde em tela e tão logo receba o sinal verde do Governo Federal estará entregando a população a Unidade.

“Nosso governo tomou essa iniciativa em virtude de garantir leitos em possíveis ocorrências de coronavírus no município de Picuí”. Disse.

De acordo com o prefeito, nos últimos dias, vereador da oposição, se aproveitando da informação prestada pela Gestão no programa semanal de rádio, apresentou Requerimento solicitando o pleito como forma de se apropriar do feito, confirmando sua ação parlamentar de mestre de obras feitas.

“O povo não é bobo e conhece as práticas dessa oposição raivosa, que através de um projeto familiar querem voltar a administrar Picuí com a chibata na mão, impondo a velha política do coronelismo que o povo rejeitou nas últimas eleições de 2016”. Finalizou Olivânio.

Veja o vídeo postado no Facebook pelo prefeito Olivânio;

O ministério da saúde ainda não autorizou funcionamento da estrutura da Unidade de pronto atendimento (UPA) de Picuí, são muitos problemas que vão desde estrutura a pagamento por medições da obra! Mesmo assim, estamos realizando mutirão de limpeza, instalação elétrica e organização dos equipamentos!Nosso governo tomou essa iniciativa em virtude de garantir leitos em possíveis ocorrências de coronavírus no município de Picuí/PB.#GovernoDaParticipação #Picui_unida_contra_o_coronavírus#PicuíEmBoasMãos

Gepostet von Prefeito Olivanio de Picuí am Dienstag, 24. März 2020

Portal do Curimataú