Galdino sai em defesa de João e diz que RC queria continuar mandando no governo

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, saiu em defesa do governador João Azevêdo, nesta quarta-feira(4), por conta das recentes críticas feitas pelo ex-governador Ricardo Coutinho, que acusou o gestor de traição após sua saída do partido.

De acordo com Galdino, Ricardo exagerou nas críticas e foi injusto com o governador, que se manteve a todo tempo correto e leal. Ele lembrou que Azevêdo manteve 99% das pessoas da gestão anterior em seu governo. “O que Ricardo queria, e João não aceitou, como ninguém ia aceitar, era mandar no governo e ser o governador, mesmo sem ser governador”, afirmou.

Adriano Galdino também lembrou que João Azevêdo enfrentou dificuldades por conta do chamado ‘fogo amigo’ no início do governo .

Redação