65,3% dos paraibanos aprovam Gestão de João Azevedo no maior colégio eleitoral do Estado

WhatsApp Image 2019 12 03 at 15.35.52 - APROVAÇÃO DE GOVERNO: Pesquisa PBAgora/Datavox mostra índice de satisfação governo de João AzevedoO índice de satisfação dos paraibanos com a administração de João Azevedo também foi analisado pela pesquisa promovida pelo Instituto Datavox, em parceria com o Portal PB Agora.

Segundo os dados apresentados 3,7% dos entrevistados consideram a administração de João como “ótima”. Já 33,3% consideram “boa”. Os que consideram “regular” são 39,9%. Os entrevistados que consideram “ruim” são, 13,1%, os que consideram “péssima” são 6,9%. Não souberam ou não opinaram foram 3,1%.WhatsApp Image 2019 12 03 at 15.35.53 - APROVAÇÃO DE GOVERNO: Pesquisa PBAgora/Datavox mostra índice de satisfação governo de João Azevedo

O índice de aprovação da administração é de 65,3% dos entrevistados. Os entrevistados que desaprovam a administração estadual foram 28,4%. Não souberam, ou não opinaram, foram 6,3%.

DADOS TÉCNICOS

A pesquisa ouviu no dia 30 de novembro, 810 pessoas em idade eleitoral nos bairros do Cabo Branco, Manaíra, Tambaú, Bessa, Jardim Oceania, Aeroclube, São José, Alto do Céu, Mandacaru, Ipês, Treze de Maio, Padre Zé, Róger, Ilha do Bispo, Alto do Mateus, Indústrias, Jardim Veneza, Mumbaba, Gramame, Costa e Silva, Ernani Sátiro, Funcionários, João Paulo II, Grotão, Ernesto Geisel, Valentina, Paratibe, Cuiá, Muçumago, Planalto da Boa Esperança, Mangabeira, Costa do Sol, Jardim Cidade Universitária, Bancários, Altiplano, Castelo Branco, José Américo, Água Fria e Cristo Redentor, Oitizeiro, Cruz das Armas, Jaguaribe e Varjão, Tambauzinho, Expedicionários, Miramar, Trincheiras, Varadouro, Torre e Estados.

O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima é de 3,7 pontos percentuais para mais ou para menos.

As entrevistas foram pessoais, feitas por meio de questionário elaborado de acordo com os objetivos da pesquisa.

Para a realização da aferição foi utilizada uma equipe de entrevistadores e coordenadores de campo devidamente treinada para o trabalho da DATAVOX PESQUISAS.

Fonte: Polêmica Paraíba