Final da Libertadores será realizada em Lima, no Peru

Em reunião realizada na tarde desta terça-feira (05), na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai, a entidade sul-americana decidiu e anunciou a mudança do local da final da Copa Libertadores de 2019 entre Flamengo e River Plate. Antes prevista para o Estádio Nacional de Santiago, no Chile, a decisão, em jogo único, será decidida no Estádio Monumental, em Lima, no Peru, que comporta cerca de 80 mil torcedores.

Depois de garantias de que a final aconteceria sem nenhum tipo de problema, a Conmebol preferiu não arriscar manter a partida diante dos protestos e manifestações no Chile contra o governo de Sebastián Piñera, há quase um mês.

No encontro, foram convocados os presidente de Flamengo, River Plate, CBF, AFA (Associação de Futebol Argentino) e ANFP (Asociación Nacional de Fútbol Profesional do Chile) para a “revisão de todos os aspectos da organização”.

Na semana passada, o governo chileno garantiu que seguiria com intenção de organizar o jogo, apesar da crise política e social, que levaram o país a abdicar de receber a cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) e a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP 25).

A partida será realizada no dia 23 de novembro. A bola rola a partir das 19h30, no horário de Brasília.

Comprou ingresso para a final da Libertadores em Santiago? Saiba como agir!

Após o anúncio da mudança de local da final da Libertadores da América, a Conmebol começou a divulgar o procedimento que o torcedor que adquiriu o ingresso para a final que seria disputada em Santiago deve realizar. A entidade máxima do futebol sul-americana devolverá 100% do valor das entradas aos torcedores que tenham comprado por meio da forma de pagamento pela qual realizaram a compra.

Haverá prioridade para os torcedores que queiram comprar ingressos para a final que será disputada em Lima, no Peru. Aos mesmos torcedores se emitirá um novo código, que lhes dará direito a preferência na compra por 72 horas. Caso o torcedor não exerça a prioridade, o ingresso será disponibilizado para o público geral.

Redação