Em Jaçanã-RN, tiroteio em academia deixa dois mortos e um ferido

Na noite desta segunda-feira (9) na cidade de Jaçanã, Trairi potiguar, foi registrado mais uma tragédia.

Informações de populares dão conta de que um grupo de homens encapuzados invadiu uma academia situada no Centro da cidade e abriram fogo com intuito de atingir um único alvo, um médico, identificado como Dr. Cícero Edvaldo.

Duas mulheres foram atingidas com disparos de arma de fogo e chegaram a ser socorridas. Uma delas, identificada como Sandra Dantas, proprietária da academia não resistiu e veio a óbito após dar entrada no hospital da cidade. De início,  devido a um dos projéteis ter transpassado o seu corpo sem que houvesse sangramento de imediato. De início, houve comentários que ela não tinha sido atingida e que teria morrido devido um infarto fulminante. Ela era esposa do empresário ‘Ivan do Mercadinho’ e era bastante conhecida na cidade. Já a outra vítima, uma aluna, foi atingida, mas não corre risco de morte.

O profissional da saúde era natural do estado do Ceará, mas residia na cidade de Jaçanã, atuando também nos municípios de Cuité, Nova Floresta e consórcio de saúde em Picuí, ambas no Curimataú e Seridó da Paraíba. Ele chegou a fugir do local, no entanto, foi encontrado sem vida pouco tempo depois, em cima de um telhado de uma farmácia que fica localizada ao lado da academia. Provavelmente ele foi atingido durante o tiroteio.

A Prefeitura Municipal de Jaçanã decretou luto oficial de três dias e ponto facultativo nesta terça-feira (10) aos órgãos da administração direta do executivo municipal (exceto serviços essenciais, cujas atividades não podem ser interrompidas).

Após os disparos, os homens fugiram, em um Eco Sport, tomando rumo ignorado. A polícia segue realizando diligências com vistas a identificar e prender os meliantes. Até o fechamento dessa matéria não havia registro de prisão dos acusados

Com 89 FM Cuité