Governador João Azevedo cria nova empresa pública agrícola e renova compromisso com a agricultura.

joaoNo último dia 3 de janeiro, o governador João Azevedo (PSB), numa demonstração clara de que no seu governo o apoio agricultura será prioridade, publicou um de seus primeiros Atos de governo.

A ação se trata da nova empresa EMPAER criada pelo Governo do Estado, com a junção da EMEPA, EMATER e INTERPA, cujo objetivo será o enxugamento e modernização administrativa, com a preservação de todos os serviços da pesquisa, extensão e regularização fundiária.

“Nada mudará em relação as atividades de pesquisa e extensão; ao contrário, haverá maior agilidade e desburocratização dos serviços prestados a sociedade paraibana, com qualidade e menor custo. Portanto, todo o patrimônio das empresas será preservado, tanto o cientifico, quanto material e intelectual”. Disse o seu presidente Nivaldo Moreno Magalhães, que foi recebido com muita alegria e satisfação pelos seus colegas nesta sexta (11) na cidade de Patos, Sertão paraibano.Resultado de imagem para nivaldo magalhaes e joao azevedo pb

Nivaldo foi escolhido pelo governador João, em razão da sua trajetória de luta e defesa dos interesses junto a agricultura paraibana, além do brilhante trabalho realizado ao longo dos últimos 8 anos junto as empresas Interpa e Emater-PB, como presidente.

Segundo Nivaldo todos os servidores das empresas extintas serão aproveitados, com os mesmos salários, direitos, hierarquia exigida, pontualidade, acompanhamento das ações, ocupação dos escritórios vazios através de remanejamento dos técnicos, ponto digital nos escritórios e outras mudanças para melhor.

A fusão e extinção destes órgãos da Administração Indireta do Estado vão gerar uma economia de aproximadamente R$ 26 milhões por ano aos cofres públicos, que serão investidos em obras e políticas públicas. Isso, no entanto, não põe fim às atribuições desses órgãos, cujos serviços ofertados à população deverão ser mais qualificados.

De acordo com a publicação do Diário Oficial do estado, o engenheiro Manoel Duré, vai ocupar o cargo de diretor de pesquisa agropecuária da nova EMPAER.

Portal do Curimataú