30º Salão do Artesanato da Paraíba supera expectativas de vendas em Campina Grande

As vendas do 30º Salão de Artesanato da Paraíba, realizado até 30 de junho, em Campina Grande, já ultrapassam os R$ 240 mil. O balanço compreende o período que vai do dia 12 – abertura do evento – até domingo (16), média que supera as expectativas da organização.

Em sua 30ª edição, o Salão do Artesanato da Paraíba, realizado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria do Turismo e Desenvolvimento Econômico/Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), tem como tema “Labirinto – A Arte que Une Gerações”, com seis mestras do labirinto representando a homenagem a mais de quatro mil profissionais que trabalham com a tipologia no estado, principalmente nas regiões Agreste e Brejo.

“O balanço parcial de vendas no 30º Salão do Artesanato é maravilhoso, haja vista que se refere aos primeiros dias do evento, em que o fluxo de turistas em Campina Grande ainda é pequeno”, afirmou a gestora do PAP, Marielza Rodrigues. “Além do local ser muito bom, tem toda uma infraestrutura com segurança e estacionamento, mais um estímulo para que o público visite o Salão”, acrescentou.

Ao todo, participam do 30º Salão do Artesanato da Paraíba mais de 300 artesãos, oriundos de vários municípios paraibanos, a exemplo de João Pessoa, Santa Rita, Bayeux, Cabedelo e do próprio município de Campina Grande, onde o evento é realizado.

Por conta do grande número de expositores, quem visitar o Salão do Artesanato da Paraíba terá a oportunidade de conhecer uma extensa variedade de produtos feitos com algodão colorido, couro, madeira, renda renascença, brinquedos populares, metal, osso e escama de peixe, só para citar alguns exemplos.

Responsabilidade social – Nesta edição, uma das novidades do Salão do Artesanato da Paraíba, além da infraestrutura por conta da parceria entre o Governo do Estado e a Unifacisa, a entrada ao evento será mediante a doação de um quilo de alimento não perecível, cuja arrecadação será doada a instituições que prestam assistência a pessoas carentes de Campina Grande.

Além disso, o Salão do Artesanato adotou também, nesta edição, a responsabilidade ambiental, com a não utilização de canudos e sacolas plásticas. “Essas novidades que trouxemos à 30ª edição do Salão do Artesanato foram bem recebidas pela população. Para se ter ideia, conseguimos arrecadar até o momento uma tonelada e meia de alimentos”, destacou Marielza Rodriguez.

Serviço/30º Salão do Artesanato

Local: Auditório do MAC (Museu de Arte Contemporânea)/Unifacisa

Endereço: Rua João Lélis, 581 – Bairro do Catolé (Campina Grande)

Horário de visitação: 15h às 22h

Entrada: 1 kg de alimento não perecível

Redação