Ricardo exonera gestores e faz mudanças na Administração Penitenciária

ricardo jpe 2O governador Ricardo Coutinho exonerou gestores e fez mudanças na Administração Penitenciária do Estado em cidades do interior. As alterações ocorrem em unidades prisionais de Campina Grande e Queimadas. Alguns dos gestores exonerados receberam outros cargos comissionados. A decisão foi publicada na edição desta quarta-feira (19) do Diário Oficial do Estado.

Em Queimadas, Tércio Lunardo Macedo Silva entrega a diretoria da Cadeia Pública para Railton Farias Barreto. Conforme decisão do governador, ele vai para a diretoria adjunta da Penitenciária Jurista Angelo Amorim Filho, em Campina Grande.

Na Jurista Angelo Amorim Filho, foram exonerados Hebert Gonçalves Torres (então diretor), Adailde José dos Santos Sousa e Givanildo Bezerra Medeiros (adjuntos), Arthur da Costa Loiola (chefe de Almoxarifado) e Adesio Fernandes Lourenço (chefe de Segurança e Disciplina). Adesio ficará como adjunto e a direção titular será de Anselmo Vasconcelos Costa.

Na Penitenciária Feminina de Campina Grande, foram exoneradas dos cargos de diretora e diretoras adjuntas, respectivamente, Anaires Almeida Simplicio, Renata Guimarães da Silva e Auristela Cristina de Moura Camelo. Auristela assume o comando da unidade, com os novos adjuntos Marta Pereira Cavalcanti e Lincoln Souto da Silva.

Já da Penitenciária Padrão da cidade, saem o diretor Lenieferson Sucupira Meira Filho e os adjuntos Alexandre Kleber Xavier de Menezes e Tiago Emanuel Silva Sales. Assumem as funções, respectivamente, Alexandre Moreira Gomes, Tiago de Oliveira Melo e Erionaldo Barreiro de Vasconcelos. 

Redação