Coronel Galvão afirma que Prefeito de Picuí deve desculpas à Polícia Militar, podendo, inclusive, responder judicialmente.

galvãoNo último Domingo (03), o prefeito de Picuí, Olivânio Remígio (PT), em um programa de rádio sob a responsabilidade dos vereadores da situação, rebateu críticas de um popular residente no distrito de Serra de Brandões, onde este alegou que a ausência de policiamento naquele distrito ocorria em virtude da falta de apoio da prefeitura aos policiais.

Na oportunidade o prefeito, visivelmente nervoso e eufórico, acusou o cidadão de integrar uma organização criminosa e o Comandante do 9º BPM de omisso e covarde por não desmentir tal afirmação.

Em contato com o Coronel Afonso Galvão este se declarou surpreso com a forma desmedida e inapropriada usada pelo Prefeito Olivânio, uma vez que sequer tomou conhecimento das declarações feitas pelo popular e tampouco soube do debate do tema no programa dos vereadores de Picuí.

“Como Chefe do Executivo ele deveria ter mantido contato com o Batalhão para identificação do eventual problema e busca conjunta da solução mais viável e rápida”. O município de Picuí conta, a mais de três anos, com a estrutura organizacional de uma Companhia PM, dispondo de Centro de Operações Policiais Militares (COPOM), ROTAM e três Viaturas realizando o patrulhamento ostensivo diuturnamente, nas zonas urbana e rural. Com a implementação do Programa Paraíba Unida Pela Paz em 2011, a Polícia Militar, em parceria com a Polícia Civil, reduziu significativamente os índices de Crimes Patrimoniais (roubos) em toda a área de sua circunscrição, inclusive em Picuí, onde, notadamente, através da Câmara Municipal, a população, amplamente, reconheceu seu trabalho concedendo Medalhas de Honra ao Mérito, Moção de Aplausos e Título de Cidadania, sendo todos aprovados por unanimidade e este com o voto do Prefeito Olivânio quando exercia o mandato de Vereador”. Disse o Coronel.olivanio galvão

O comandante Galvão ressaltou ainda que no ano de 2011 a segurança pública do município de Picuí e da região estava sucateada e os índices criminais fora do controle.

“Outrora e em uma reunião com o Prefeito Olivânio, se colocou a disposição para participar do dito programa e esclarecer pontos ligados à segurança pública, no entanto nunca foi convidado”. Disse o Tenente Coronel.

De acordo com Galvão, a Polícia Militar reforça o compromisso de proteger e bem servir a sociedade do Curimataú e Seridó Paraibanos, fomentando a Segurança Pública e a Paz Social.

Na ocasião o comandante Galvão ainda informou que se o Prefeito Olivânio não pedir desculpas públicas à PM poderá acionar sua Assessoria jurídica para impetrar ações judiciais nas esferas penal (por injúria) e civil (por danos morais) em desfavor do mesmo, assegurando que manterá todas as ações institucionais desenvolvidas no município de Picuí, pois a população não merece comportamento diferente. Finalizou Galvão.

Com redemais