O sucesso pode não ser um sonho

Não reclame dos teus pequenos tombos, pois muitos na vida viveram em verdadeiros precipícios e com a capacidade maior seguiram e conseguiram vencer todas as barreiras.

Não desista nas primeiras dificuldades, não se encoste à beira do caminho esperando que alguém compreenda as tuas incertezas e com palavras estimules a seguir adiante.

Veja que os primeiros nem sempre chegam ao topo, os mais inteligentes nem sempre alcançam a auréola do sucesso, pois muitos com a simplicidade de seus gestos alcançaram estas virtudes.

O importante é saber reconhecer que seus passos podem alcançar distâncias sem fim; podem chegar independente de programação aos confins do mundo, e viver uma felicidade completa.

Desistir é uma única arma para os fracos, não tentar os diversos caminhos que sua visão possa alcançar é próprio dos cegos que ocultam por trás da retina o medo de ser feliz.

O necessário para realizar toda programação da vida é reconhecer que há lugar para todos, pois ninguém que tenta chegar ao topo pisando em outros se destina a viver em paz.

A vida é uma sucessão de alegrias e lágrimas, de dores e tristezas, onde para vencer não implica ser o mais forte, mas o destemido que segue o rumo visualizando apenas o bem.

Quantos fazem uma vasta programação e colocam na prancheta da sua mente tudo que se deve fazer para viver de forma simples mas honesta e se perde nos ditames da maldade do mundo.

Quantos acham que não sentem força para seguir adiante, mas têm dentro de si a crença de que cada passo seu tem na realidade uma ajuda espiritual e divina.

Se faz necessário que o coração seja na realidade o templo dos bons projetos, não adianta fazer cálculos, para que depois tudo venha a ruir e trazer a tristeza definitiva.

Às vezes nos deparamos com jovens que tinham tudo para chegar ao topo da vida com verdadeira luminosidade e optam pelas desastrosas e falsas alegrias das drogas.

Vivemos num mundo onde os sonhos de tantos se perdem na primeira cova que se encontra no caminho; vivemos cada dia com o pé entre a vida e a morte por pura opção.

A crença ainda é a maior de todas as armas que o homem leva consigo para vencer as barreiras e atravessar tempestades, nada tem seu significado se crescemos sem acreditar em um Deus que fez o céu e a terra.

Por Rafael Holanda