Municípios do Cariri-PB participam de plano para aumentar consumo leiteiro de ovinos e caprinos

O Programa Banco do Nordeste de Desenvolvimento Territorial (Prodeter) elegeu o Cariri Ocidental paraibano para desenvolver estratégia de aumento do consumo leiteiro proveniente de caprinos e ovinos. As ações necessárias para o fortalecimento dessa cadeia econômica serão conhecidas no lançamento do PAT da ovinocaprinocultura, que ocorre às 9h desta sexta-feira, 9, em Monteiro. A meta do PAT da ovinocaprinocultura é aumentar as vendas em 50%, nos próximos cinco anos.

 No total, são 100 produtores envolvidos, das cidades de Zabelê, São Sebastião de Umbuzeiro, Camalaú e São João do Tigre, além de Monteiro. O lançamento será no auditório da agência do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Com etapas a serem cumpridas pelos participantes, o documento norteará ações de profissionalização da atividade.

Entidades que atuam na capacitação e na pesquisa, como a Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PB) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) participam do plano.

Para o Banco do Nordeste, a estruturação da cadeia produtiva representa o fortalecimento da economia local, além de diminuir riscos na concessão de crédito à atividade. “Partimos de uma atividade que já existe no Cariri Ocidental, mas que precisa se qualificar. Assim, até mesmo o crédito é utilizado de forma racional e cumpre a função de promover o desenvolvimento regional”, observa o superintendente do Banco do Nordeste na Paraíba, Wesley Maciel.

Ascom